Na Câmara dos Deputados, presidente do Confea defende o fim das contratações integradas

JK_Licita_abril - red

Presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger, durante audiência pública na Câmara dos Deputados sobre as mudanças na Lei de Licitações

O modelo de contratações integradas, implementado pela Lei 12.462/2011, e que instituiu o Regime Diferenciado de Contratações – RDC, foi  criticado por Joel Krüger, presidente do Confea, durante  audiência pública promovida pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados, e realizada na tarde da terça-feira (10/04/2018).

Ele também destacou a generalização do modelo que a princípio seria usado apenas para agilizar, compensar os atrasos e atender os prazos de entrega das obras  para a Copa do Mundo, em 2014 e para as Olimpíadas, em 2016.
“A excepcionalidade se generalizou e é preciso atentar para a boa prática da engenharia, fundamentada nas etapas de planejamento, projeto, execução e manutenção das obras”, disse Krüger, para quem, “é preocupante” a contratação integrada, por comprometer o padrão de qualidade das obras. “Muitas delas inacabadas ou já apresentando problemas gerados por uma construção apressada”, lembrou.

Saiba mais em: https://goo.gl/ouvjH6 

Fonte: Confea